comunicativa.associados
Sala de Imprensa
16h00

Pesquisadores baianos participam da Climate Week em Salvador

Na oportunidade, será lançado o Painel do Clima, composto por dez câmaras temáticas distribuídas entre instituições de ensino como UFBA, IFBA e UNIFACS

Compartilhe
Tamanho da Fonte

Criar uma rede de conhecimento sobre transformações climáticas, seus impactos e oportunidades na capital baiana. Esse é o objetivo do Painel Salvador de Mudança do Clima, que será apresentado durante a Semana do Clima da América Latina e Caribe (Climate Week), evento regional da ONU na cidade, entre os dias 19 e 23 de agosto.

 

Inspirado no Painel Intergovernamental da ONU sobre Mudanças Climáticas (IPCC) e organizado pela Prefeitura Municipal, o painel soteropolitano reúne pesquisadores e profissionais da área para criar uma agenda climática para a cidade, tornar os dados sobre o assunto mais acessíveis e estimular o desenvolvimento sustentável.

 

Nesse início, foram criadas dez câmaras temáticas distribuídas entre a Universidade Federal da Bahia (UFBA), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) e a Universidade Salvador - UNIFACS. Cada câmara conta com um coordenador especialista, responsável por reunir outros pesquisadores e articular os estudos sobre o tema proposto.

 

Os temas são Mobilidade; Resíduos; Energias Renováveis e Eficiência Energética; Zona Costeira; Gestão da Água; Áreas Verdes; Eventos Climáticos Extremos (seca, inundação e deslizamento); Saúde; Inovação para Sustentabilidade e Resiliência Urbana. 

 

Para a coordenadora da Câmara Temática de Áreas Verdes e professora do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional Urbano da UNIFACS, Carolina Spínola, todas as câmaras estão interconectadas e o trabalho será feito em parceria. “Na de Áreas Verdes, vamos focar na investigação dos impactos causados, em função da supressão vegetal, no clima de Salvador, na biodiversidade e formação de ilhas de calor”, explica.

 

Possíveis soluções que outros centros urbanos estão adotando para minimizar esses impactos também serão objeto da Câmara. “Áreas de conservação urbana como parques e jardins botânicos, corredores ecológicos que melhorem a sensação térmica, jardins verticais em construções e hortas urbanas são algumas dessas possibilidades”, exemplifica Carolina.

 

Outro assunto que chama atenção é o uso de energias renováveis como um dos pilares da sustentabilidade. “As perspectivas para um modelo de geração e consumo de energia mais sustentável - e como Salvador está se preparando nesse sentido - estão entre os pontos da nossa área temática”, destaca o coordenador da Câmara de Energias Renováveis e Eficiência Energética do Painel e professor do Mestrado em Energia da UNIFACS, Victor Vieira.

 

Preservar os ecossistemas costeiros também está entre os objetivos do Painel do Clima de Salvador. “Na área de gestão costeira, serão abordados os impactos nos ambientes costeiros e na biodiversidade assim como a biogeoquímica como ferramenta de estudos da poluição”, afirma o coordenador da Câmara Temática de Zona Costeira, professor da UFBA e pesquisador colaborador do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional Urbano da UNIFACS, Ícaro Moreira.

 

Deixe seu comentário
Avenida Tancredo Neves, Nº 274, Centro Empresarial Iguatemi, Caminho das Árvores, Salvador - BA, CEP 41.820-907
Onde estamosAv. Tancredo Neves, 274
Centro Empresarial Iguatemi, Bloco B Sala 317/318
Caminho das Árvores - Salvador - Bahia
CEP 41820-020
55 71 3450-5347 55 71 3450-5348
comunicativa.associados
Associada:
Filiada:
2017 - 2019. Comunicativa Associados. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital